Pagando de blogueira fitness: Blogilates

São 21h45 e eu já estou e-x-a-u-s-t-a. Queria deitar e me enrolar num cobertor e dormir e só acordar amanhã (não vou conseguir porque se eu durmo antes de meia-noite inevitavelmente acordo no meio da madrugada). Essa era a hora de escrever post pro #beda de hoje mas o cansaço está me dominando e todas as minhas ideias de post estavam parecendo dar muito trabalho. Então… resolvi escrever sobre a principal razão do meu cansaço hoje, que era um post que eu ia deixar mais pra frente pra ser mais organizado e bonitinho, mas, né, não sou boa de manter essa organização então vai agora mesmo.

A principal razão da minha exaustão é que eu estou, desde segunda, fazendo o beginners calendar do Blogilates! Pois é, gente, tô muito esses dias.

Recentemente, me dei conta de que finalmente gosto de malhar (pois é, eu também não acreditava que era possível), e tenho ficado muito feliz nos meus dias de ir à academia. Gosto da sensação de cansaço depois do treino, gosto de ultrapassar os limites do meu corpo, gosto da força e da capacidade que sinto no dia a dia por conta disso. Aí que esses dias reparei que, se eu gosto tanto, eu posso fazer mais! Minha rotina até agora era só de ir à academia duas vezes por semana, para fazer 30 minutos de cardio + 15 de exercício muscular com um personal. Sair na rua para caminhar com regularidade acaba me dando uma certa preguiça, porque eu me sinto meio inútil saindo sem propósito, aí acabo fazendo o que fiz hoje, e indo até o mercado comprar comida, o que faz eu gastar dinheiro que não queria gastar e comer comida que não fazia questão de comer. Eu já tinha pensado em fazer esses exercícios de Youtube, mas nunca sabia bem o que fazer, ou por onde começar.

Até que, já não lembro mais em que canto da internet, me apareceu esse calendário de pilates. É um programa de exercício de quatro semanas, cada uma delas com um dia de descanso, e exige no máximo meia-hora diária nos dias de exercício, que em geral é dividida em dois vídeos de até 15 minutos. Todos os exercícios trabalham só com o seu corpo, então não precisa de pesos ou nenhum outro apetrecho – no máximo um tapete de yoga/pilates para ser mais confortável e limpo do que o chão –, e é bem mais fácil de controlar a força e fazer as coisas no seu ritmo e dentro das suas capacidades. A instrutora é super fofa, fica conversando com a câmera pra te distrair em vez de só contar as repetições, dá vários encorajamentos, e realmente te deixa bem confortável, mesmo que do outro lado da tela do computador!

momento ~~fitness

A photo posted by Sofia Soter (@miss_sofia) on

Hoje foi só meu quarto dia, mas tô amando tanto que já espalhei para as meninas da Capitolina pra ver quem quer se juntar a mim no processo. Algumas se animaram para seguir o calendário também, outras se animaram para fazer outros exercícios, e até começamos uma playlist colaborativa – só de músicas de mulheres – bem animada pra correr e malhar! Ter essas amigas pra conversar sobre o que estamos sentindo com os exercícios está sendo bem legal, e tenho compartilhado um pouco da experiência no Snapchat também (sou miss.sofia lá, podem me procurar), porque sou oversharer.

Outra coisa que está tornando a experiência ainda melhor para mim é fazer uma meditação guiada com o Stop, Breathe & Think depois dos exercícios (e de me alongar um pouco). As meditações são simples, curtinhas (por volta de cinco minutos), bem focadas, e me ajudam a voltar ao meu dia normal mais tranquila e com energia. Super recomendo!

Vocês já fizeram alguns desses desafios ~fitness~ na internet? Gostam de algum site/blog/coluna/vlog de exercícios (eu gosto dessa do – adivinhem – Autostraddle)? Querem brincar de calendário Blogilates comigo? Se interessam por mais papo fitness no blógue ou preferem quando eu só falo de televisão? Vamos conversar nos comentários!